R: Nossa Senhora do Rosário, s/n - Centro de Convenções - Serra Negra/SP
Atendimento: Seg a Sex - 09h 11h - 13h as 17h
0800 770 5488 | (19) 3892-2024
Atendimento
Seg a Sex - 09h 11h - 13h as 17h
0800 770 5488 | (19) 3892-2024
Funcionamento
Seg a Sex - 08h as 17h

Projetos da 18ª Sessão Ordinária - 04/06/2018

PROJETO DE LEI Nº 37, DE 2.018

                                                       (Dá denominação à Via Pública)

A CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA DE SERRA NEGRA DECRETA:

Art. 1º A Rua C do Loteamento Jardim Lucíola, Bairro das Três Barras, Serra Negra/SP, passa a denominar-se RUA AMELIA RAMALHO DE OLIVEIRA.

Art. 2º Fica o Poder Executivo autorizado a proceder à confecção da placa indicativa respectiva da referida denominação.

Art. 3º As despesas decorrentes com a execução da presente Lei, correrão por conta de verbas próprias do orçamento vigente, suplementadas se necessário.

Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 5° Revogam-se as disposições em contrário.

Câmara Municipal da Estância Hidromineral de Serra Negra, 25 de maio de 2.018.



VER. PAULO SÉRGIO OSTI


AMELIA RAMALHO DE OLIVEIRA

AMELIA RAMALHO DE OLIVEIRA nasceu no Sítio Bela Vista, Bairro da Ramalhada, Serra Negra/SP, no dia 19 de março de 1931, filha de Augusto Ramalho e Florinda Amabile.

Em 22 de dezembro de 1951, casou-se com José de Oliveira Ramalho.

Teve três filhos: Luiz Fernando Ramalho, Paulo Augusto Ramalho e Jair Francisco Aparecido Ramalho.

Amelia teve uma vida humilde, honrada e muito serena, residindo, durante toda a sua vida, no Sítio Bela Vista, Bairro da Ramalhada, Serra Negra/SP.

Trabalhou toda a sua vida na roça, cuidando do Sítio onde residia.

Sempre foi uma dona de casa muito prendada e zelosa, cuidando extremamente bem de toda a sua querida família. 

Possuía o Dom de Benzer, sendo conhecida popularmente como a Benzedeira do Bairro, colaborando com a cura de inúmeras pessoas, principalmente de crianças, através de seus benzimentos, orações e remédios caseiros.

Durante toda a sua vida cultivou e manteve muitas amizades, tendo em vista se tratar de uma pessoa muito carismática e popular, muito conhecida nos Bairros da Ramalhada e das Três Barras e também no Município de Serra Negra.

Ajudou diretamente muitas pessoas e famílias, sempre com muito amor.
 
Foi uma pessoa muito dedicada ao trabalho e aos seus afazeres, demonstrando muita experiência e competência na realização de suas atribuições.

Infelizmente, a saudosa Amelia Ramalho de Oliveira veio a falecer na manhã do dia 19 de setembro de 2012, deixando grande legado, além de muita saudade em seus familiares e nas pessoas que tiveram o imenso prazer em conhecer e conviver com a querida Amelia. 

Certamente a saudosa Amelia Ramalho de Oliveira é um exemplo de vida, tendo em vista toda a sua trajetória, sempre com muita dedicação, empenho, luta e coragem, sempre respeitando ao próximo.

Ante o exposto, merece a referida Rua, localizada no Loteamento Jardim Lucíola, Bairro das Três Barras, Serra Negra/SP, ser denominada com o nome da saudosa e querida Amelia Ramalho de Oliveira, eternizando seu nome com esta singela, mas merecida homenagem, em agradecimento a todo o trabalho realizado em prol da população e do Município de Serra Negra. 


---------------------------------------------------------------------------------------------------

PROJETO DE LEI Nº 38, DE 2.018

                                                      (Dá denominação à Via Pública)

A CÂMARA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA DE SERRA NEGRA DECRETA:

Art. 1º A Rua L do Loteamento Jardim Lucíola, Bairro das Três Barras, Serra Negra/SP, passa a denominar-se RUA MARIA CHRISTINA MARCHI GIANNINI.

Art. 2º Fica o Poder Executivo autorizado a proceder à confecção da placa indicativa respectiva da referida denominação.

Art. 3º As despesas decorrentes com a execução da presente Lei, correrão por conta de verbas próprias do orçamento vigente, suplementadas se necessário.

Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 5° Revogam-se as disposições em contrário.

Câmara Municipal da Estância Hidromineral de Serra Negra, 25 de maio de 2.018.



VER. PAULO SÉRGIO OSTI


MARIA CHRISTINA MARCHI GIANNINI

MARIA CHRISTINA MARCHI GIANNINI, natural da cidade de Serra Negra nasceu no dia 16 de setembro de 1938. Filha do Sr. Paulo Marchi e Sra. Rosa Briotto Marchi, casou-se aos 19 anos de idade com Giorgino Giannini desenvolvendo a atividade do comércio na cidade de Serra Negra.
A união do casal gerou os descendentes Paulo Leopoldo Marchi Giannini, casado com Estrelita Pachioni Guandalini Giannini e Marcia Christina Giannini, casada com Celso Luis Belon gerando a quarta geração da família na cidade através dos seus netos Murilo Guandalini Marchi Giannini, Lorena Giannini Belon e Nicolas Giannini Belon igualmente nascidos e criados na cidade e exercendo a mesma função dos pais.
Com pesar, veio a falecer no dia 31/12/2017 deixando na família um sentimento de saudade e a lição de sempre seguir a conduta certa.

Desenvolvido por Frequência